NO DIA 30 DE SETEMBRO ACONTECERÁ UMA FESTA EM HOMENAGEM A TODOS OS PASTORES DE LARANJEIRAS. PARTICIPE!!!

17/04/2015

Babilônia bate recorde negativo de audiência inédito e já é menos vista que a novela das 19h

extraída do site gospel mais
Definitivamente, a novela Babilônia não caiu nas graças do público, o que levou a um recorde negativo inédito na história da dramaturgia da TV Globo.
Dados do Ibope confirmam que, pela primeira vez na história, a novela das 21h00 teve audiência média inferior à da novela das 19h00, Alto Astral, e também menor que a do Jornal Nacional.
Esses índices fracos foram registrados entre os dias 06 e 12 de abril, de acordo com informações do jornalista Thiago Prado, da revista Veja. Nesse período, Babilônia marcou média de 24,8 pontos em 15 capitais, enquanto o telejornal de William Bonner e Renata Vasconcelos teve 25 pontos de média, e a novela das 19h00, 25,7 pontos.
“Nas últimas duas semanas, os autores de Babilônia decidiram alterar o roteiro da novela de olho nos fraquíssimos números da audiência”, escreveu Prado.

A Globo já vem efetuando pequenas mudanças na novela, a fim de corrigir os rumos, mas não se falou ainda em mudança radical na história dos personagens.
A principal alteração que a novela apresentou nas últimas semanas foi o corte de cenas com prostituição, beijo gay e discussão sobre o ateísmo. Boa parte dessas mudanças se deveu ao boicote de evangélicos à novela, indignados com o conteúdo. Uma das protagonistas, vilã, foi apresentada como uma mulher viciada em sexo.
A outra motivação para o corte dessas cenas foi um discurso feito pelo senador Magno Malta (PR-ES), alertando o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre o conteúdo impróprio para o horário, que contrariava a regulamentação da Classificação Indicativa em emissoras de sinal aberto.
Antes dessas mudanças mais explícitas, a Globo já havia passado a dar destaque para a história da “mocinha” da novela, vivida pela atriz Camila Pitanga, além de ter mudado a vinheta de abertura, trocando o fundo cinza escuro por um multicolorido.

Gospel mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário